Cultura popular e música eletrônica marcam Som nas Pedras em Monteiro

Projeto Som nas Pedras – Monteiro , Paraíba – Brasil

Localizada a aproximadamente 15 quilômetros da cidade de Monteiro, a Laje das Moças foi palco da sexta etapa do Circuito Som nas Pedras, no último sábado (19). Com música clássica, cultura popular e as batidas da música eletrônica, o evento movimentou a zona rural do município.

Abrindo a programação, a banda sinfônica Zabé da Loca apresentou um repertório que foi da música clássica a canções do imaginário nordestino. A banda é formada por aproximadamente 30 estudantes da rede estadual de ensino, integrantes do Programa de Inclusão através da Música e das Artes (Prima), da cidade de Monteiro.

Além de proporcionar aos visitantes uma paisagem única do cariri paraibano no topo do lajedo, o circuito também encantou os moradores da região. Agricultor da zona rural do município, seu José Eufrásio (78) conta que foi a primeira vez que viu uma atividade desse tipo.

“Eu nasci e me criei aqui, meu pai trabalhava aqui nessa pedra e minha mãe vinha pra lavar roupa, e eu nunca vi um negócio desses. É da gente ficar arrepiado com uma coisa dessa”, comemorou.

A noite também contou com a participação do saxofonista Bibi Sax, da Orquestra Sanfônica da Universidade Estadual da Paraíba e do Grupo de Dança Black Art. A apresentação da Mazurca de Monteiro foi um dos pontos altos do evento. Formado por trabalhadores rurais da região, o grupo apresentou o coco de roda, dançado em formato circular, embalados ao som do pandeiro, do ganzá e da condução do mestre João de Amélia.

Encerrando a programação, o projeto Groove da Gota misturou elementos da música local com as batidas da música eletrônica. Formado pelos DJs SubZero e Topz S.A., o projeto mesclou a musicalidade de expressões como Zabé da Loca, com as batidas da música eletrônica, contagiando o público presente. A noite terminou com muito forró pé de serra no Bar da Laje das Moças, reunindo visitantes e moradores locais.

Próximas cidades – Após passar pelas cidades de Juru, Matureia, Teixeira, Princesa Isabel, Congo e Monteiro, o circuito realizará as próximas etapas nas cidades de Cabaceiras (Lajedo Samambaia – 26 de outubro), Serra Grande (Lajedo do Breu – 9 de novembro), Queimadas (Pedra do Vento – 16 de novembro) e Boqueirão (Lajedo do Marinho – 23 de novembro).

Sobre o circuito – O Circuito Som nas Pedras é uma realização das prefeituras e conta com a parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Secretaria de Estado da Comunicação Institucional, Secretaria de Estado da Administração, Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) e a Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), por meio da Rádio Tabajara e do Jornal A União, e o Sebrae.