Programação da Rota Cultural Raízes do Brejo tem início em setembro

https://brejoparaibano.com.br/raizes-do-brejo/

As dependências do engenho Balancinho, na zona rural de Alagoinha, foi palco, na tarde dessa quarta-feira (25), do lançamento da programação da 3ª edição da Rota Cultural Raízes do Brejo. O engenho existe há mais de 150 anos e produz cachaça de alambique. A rota reúne nove cidades do brejo paraibano que buscam incrementar o turismo regionalizado, incentivando o empreendorismo nas áreas da gastronomia e da cultura, elevando assim a autoestima e a renda dos moradores. O Governo do Estado, por intermédio da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), apoia o evento promovendo a divulgação junto aos meios de comunicação estaduais e regionais.

Coube a prefeita de Alagoinha, Maria Rodrigues, fazer o papel de anfitriã do evento. Ela informou que a rota vai ser realizada sempre nos finais de semana, em cada uma das nove cidades e com uma temática própria. Os demais prefeitos das cidades de Belém, Serra da Raíz, Dona Inês, Duas Estradas, Pilõezinhos, Lagoa de Dentro, Borborema e Pirpirituba também falaram sobre a importância do projeto e apresentaram a temática que vai ser abordada durante a rota.

O presidente do Fórum de Turismo do Brejo, Sergerson Silvestre, falou da importância de todos os municípios integrarem o projeto desde o início, destacando a sintonia entre todos os gestores. “Desde o início os prefeitos acreditaram no projeto e isso foi fundamental para o sucesso da rota cultural. Hoje recebemos visitas de prefeitos de outras regiões do país que vêm buscar informações de como funciona a regionalização e a integração entre as cidades”, revelou.

A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, destacou a importância do Raízes do Brejo ser conhecido, primeiramente, pelos paraibanos. A executiva avalia que há a necessidade dos municípios se estruturarem, investirem na infraestrutura e na sequência atraírem os turistas regionais e depois os nacionais. “O papel dos meios de comunicação é fundamental nesse processo de implementação do Raízes. Temos casos de sucesso como o Caminhos do Frio, que começou pequeno e hoje é a principal rota cultural da Paraíba”, disse.

Resultados – O prefeito de Lagoa de Dentro, Fabiano Pedro, revelou que por ocasião da primeira edição do Raízes do Brejo a cidade possuía apenas uma pousada e nesta terceira edição são quatro pousadas. “O que fazemos é um investimento para o futuro, pois criamos uma expectativa positiva na população. Há, sim, um incremento na economia local”, disse. Fabiano Pedro lembrou que a cidade vem enfrentando sérios problemas com a falta de água, mas que teve apoio das demais cidades para participar da terceira edição. “O apoio e solidariedade dos demais prefeitos foi fundamental para participarmos esse ano”, declarou.